Paulo Fernando mapeia os descasos do município de Paulista

Agenda política extensa e produtiva
Paulo Fernando mapeia os descasos do município de Paulista
Moradores do bairro Arthur Lundgren I receberam, neste sábado (13/08), a visita do pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando(PDT). Na ocasião, os populares denunciaram a falta de segurança pública, precariedade no posto de saúde local e vários pontos de esgoto a céu aberto.

De acordo com o pré-candidato a vereador, os paulistenses sofrem com a falta de compromisso social dos poderes Executivo e Legislativo municipal. A agenda política de Paulo Fernando tem sido cada vez mais extensa, produtiva e com o apoio da população.

Compartilhe:

Paulo Fernando é bisbilhotado pela gestão do Paulista

#‎Retrospectiva #PauloFernando

Prefeito perde força; atitudes de Paulo servem como exemplos
Paulo Fernando é bisbilhotado pela gestão do Paulista
Por onde anda Paulo Fernando (PDT-PE)? É a pergunta mais feita pela atual gestão municipal do Paulista nos últimos dias. Paulo continua inquietando o prefeito da cidade e por onde o pré-candidato a vereador passa, uma equipe da prefeitura vai ao local com o objetivo de bisbilhotar as suas ações perante a população, que está completamente abandonada pelo Poder Executivo municipal.

As eleições municipais deste ano se aproximam e, por esse motivo, o prefeito Júnior Matuto (PSB) está apreensivo por causa da baixa popularidade.

Compartilhe:

Obra eleitoreira do novo Mercado Público de Paratibe quase termina em tragédia

Obra eleitoreira do novo Mercado Público de Paratibe quase termina em tragédiaNo desespero para concluir a obra eleitoreira do novo Mercado Público de Paratibe, a construção está sendo realizada de qualquer forma. Uma caixa d’água, erguida sem nenhum cuidado, despencou e quase causou uma tragédia no local. Além disso, é possível ver que os trabalhadores não utilizam os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), que são obrigatórios.

De acordo com o pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT-PE), o problema mostra a incompetência do prefeito Júnior Matuto (PSB-PE) e a omissão da Câmara dos Vereadores. “A nossa cidade está cada vez indo para o abismo devido a falta de competência dos governantes”, diz Paulo.

Compartilhe:

Paulo Fernando na luta por um Paulista melhor

Paulo Fernando na luta por um Paulista melhor 2Com o intuito de buscar soluções para o município de Paulista e dialogar sobre a situação dos blogueiros, o pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT-PE) interagiu com o Diretor Jurídico da Associação dos blogueiros de Pernambuco (AblogPE), o advogado Jairo Medeiros, na sede da Associação.

No encontro, Paulo Fernando disse que os blogs são de grande importância para a sociedade, pois informam tudo aquilo que está fora da grande mídia por causa de interesses políticos e financeiros.

Compartilhe:

Paulistenses Juntos com Paulo

“Estamos com Paulo Fernando”, dizem os populares
Paulistenses Juntos com Paulo
O pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT-PE) visitou, no último sábado (06/08), os comerciantes e moradores do bairro do Janga para ouvir as demandas do local e apresentar o seu plano de governo. Assim como em outros encontros com a população, Paulo foi bem recepcionado e ouviu mensagens de apoio a sua candidatura. “Estamos juntos com Paulo Fernando”, diziam os populares.

Paulo agradece a todos os paulistenses pela confiança. “Garanto honrar cada voto de confiança que recebo. Sou grato a todos”, ressalta Paulo Fernando.

Compartilhe:

Juventude unida com Paulo

O pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT-PE) esteve reunido com integrantes da juventude do Partido Democrático Trabalhista com a finalidade de debater e colocar em prática projetos necessários para o desenvolvimento social dos jovens.

No encontro, foi dialogado sobre educação, emprego, esportes, ações contra o tráfico de drogas e a inserção da juventude no meio político.

Compartilhe:

Paulo Fernando sempre inovando

Paulo Fernando sempre inovandoCom o intuito de criar projetos que favoreçam o desenvolvimento social da juventude, o pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT-PE) tem como um dos pontos do seu governo, se eleito, criar o parlamento jovem.

De acordo com Paulo, os jovens precisam de incentivos, principalmente, no que se refere a educação, esportes e empregos. Paulo ressalta que a juventude unida será sempre mais forte.

Compartilhe:

A máquina do tempo de Paulo Fernando

Conheça a história política e social do pré-candidato a vereador do Paulista
A máquina do tempo de Paulo Fernando
Na reta final para as eleições municipais 2016, apresentamos para você, a partir desta segunda-feira (08/08), os principais fatos que marcaram a trajetória política e social do pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT-PE).

Paulo tem uma história de luta, disposição e coragem – qualidades que o tornaram o concorrente de maior visibilidade nos municípios que compõem o Litoral Norte de Pernambuco.

O pedetista tem o apoio de amigos e parceiros para que a sua candidatura seja um sucesso. www.juntoscompaulo.com.br

Compartilhe:

Um dia especial…

Paulo Fernando oficializa a candidatura e concorrerá as eleições 2016. Paulo disputará o cargo de vereador em Paulista pelo PDT-PE. A convenção ocorreu na noite da última quarta-feira (03/08), na Vila Torres Galvão, com a presença de vários amigos e familiares.

Compartilhe:

Paulo Fernando convida

PDT de Paulista realiza sua convenção na quarta-feiraVocê está convidado (a) à participar da convenção municipal do PDT em Paulista. O evento será no colégio Anita Gonçalves, nesta quarta-feira (03/08), às 17h. Venha conhecer os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores, que concorrerão às eleições 2016.

Compartilhe:

Skatistas Juntos com Paulo

Skatistas Juntos com PauloCom a finalidade de valorizar os esportes radicais e incentivar os atletas, o pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT-PE) tem como um dos pontos do seu governo, se eleito, criar espaços públicos para a prática de esportes no município.

De acordo com Paulo, o município de Paulista não oferece estrutura para os atletas.

Compartilhe:

Por uma juventude capacitada

O município de Paulista será palco de uma importante reunião com toda militância jovem do PDT.
Por uma juventude capacitada
Com a finalidade de debater e colocar em prática projetos importantes na educação e para juventude, o pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT) visitou o presidente do Movimento Estudantil do Partido Democrático Trabalhista, Antônio Carlos. Na reunião, ficou combinado uma ação para reunir toda a militância jovem do partido em Paulista.

Compartilhe:

Nota de falecimento

Marcio SampaioO pré-candidato a vereador do Paulista Paulo Fernando (PDT) recebeu com muito pesar, na tarde da última sexta-feira (29/07), o falecimento do amigo Márcio Sampaio, ex-diretor da Secretaria de Finanças do Paulista na gestão do ex-prefeito Antônio Speck.

Márcio foi vítima de um câncer “Márcio era meu amigo, estávamos todos torcendo por sua recuperação. Peço aos amigos nesse momento uma oração, e que Deus conforte o coração de todos da sua família, e os nossos (seus amigos) que te queríamos bem. Um homem cheio de energia, bastante democrático, gostava de ajudar as pessoas e amava Paulista”, disse Paulo.

Compartilhe:

Faça parte desta campanha

Faça parte desta campanhaVamos juntos mudar a situação da nossa cidade. Não reeleja os vereadores e nem o prefeito. Rumo a mudança. Paulista precisa de todos nós. Eleições municipais 2016 está chegando!

Compartilhe:

Casarão dos Lundgren, o misterioso cartão-postal da cidade do Paulista será aberto ao público


O casarão dos Lundgren, no Centro do Paulista, será transformado em instituto sobre a indústria nordestina. A informação é de Nilson Lundgren, 79, neto do líder da família instalada no município no início do século 20, mas ainda não há previsão de conclusão ou abertura ao público.

A casa com tijolos avermelhados aparentes é, para muitos, o coração da cidade. O imóvel teve parte construída há mais de três séculos, como um engenho de cana-de-açúcar, e foi concluído em 1918, em obra da família Lundgren, até hoje proprietária da mansão que carrega a história da urbe e dos bairros fundados no seu entorno.

Logo na entrada está escrito no tapete “casa-grande”, um lembrete que a estrutura já fez parte do Engenho Paulista, ainda que a família afirme nunca ter possuído um. Na casa, habitavam Herman Lundgren, sueco de uma família sem muitas posses que veio como imigrante para o Brasil, a esposa Elizabeth Lundgren, professora dinamarquesa, e os cinco filhos do casal: Herman Júnior, Frederico, Arthur, Alberto e Anita. O casarão ficava em torno das duas fábricas têxteis da família. “A fábrica que era responsável pela fiação e tecelagem dos tecidos ficava localizada onde hoje está o shopping novo da cidade (North Way). Inclusive, ainda tem uma chaminé no terreno, que foi preservada”, conta o neto de Herman, Nilson Lundgren, 79.

Construída por engenheiros alemães e ingleses, a mansão recebeu referências também na decoração imponente: “Essa casa me lembra muito a Europa – a cor da madeira, os quadros. Existia uma grande colônia alemã na região, por isso já nos chamaram até de nazistas”, comenta Nilson, que mantém a casa como um grande museu. “A maioria dos móveis é a mesma da época dos meus avós, que preservamos. A mesa de madeira da sala, o telefone, as poltronas verdes, a banheira…”, completa.

Após a morte de Herman, por um grande período de tempo morava um Lundgren por andar – a matriarca, no térreo, e os filhos, cujas esposas viviam em outras residências, sozinhos. Por isso, cada andar possui um tipo de sala, dois quartos e banheiro.

Uma porção da Suécia ao norte da Grande Recife

O sueco Herman Lundgren migrou para o Brasil, fazendo paradas no Rio de Janeiro e na Bahia, antes de chegar ao Recife, em 1857. “Aqui era o porto mais importante do Brasil, um centro muito importante e, por isso, ele resolveu abrir um negócio no porto. Aproximadamente, onde hoje é o armazém 10”, conta o neto Nilson Lundgren. A loja servia aos navios, de alimentos até lavar roupas. O crescimento o tornou cônsul da Suécia em Pernambuco e o levou a novos negócios, como uma sociedade na fábrica de pólvora Pernambuco Powder Factory, no Cabo de Santo Agostinho, desativada em 2011.

Mas foi ao adquirir sua primeira fábrica de tecidos que a família começou a aumentar a influência local. “Meu tio foi procurar trabalhadores no interior da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Todas as casas aqui ao redor da casa e das fábricas foram construídas para os trabalhadores. Eles precisavam de madeira para gerar energia, por isso, do Centro até Aldeia (Camaragibe) existiam várias plantações de eucalipto. Só em 1957 chegou a energia de Paulo Afonso”, afirma Nilson Lundgren sobre a influência da família no desenvolvimento histórico da própria cidade.

Em 1907, o sueco adquiriu também a Companhia de Tecidos Paulista. Antes dedicada apenas a sacos, que abasteciam o mercado do açúcar, tendo o estado como maior produtor da época, a iniciativa passou a produzir os que viriam a ser carros-chefe do negócio: chita e brim, inclusive com a primeira estamparia da região. Três anos depois, Herman morreu e o filho Frederico assumiu o negócio, que chegou a produzir oito milhões de metros de tecido por mês, segundo Nilson: “A companhia Paulista tornou-se a maior fábrica têxtil da América Latina”.

Em 1918, uma nova fábrica de tecidos foi montada pela família, desta vez na Paraíba. A Companhia de Tecidos Rio Tinto, a 450 km de João Pessoa, não se dedicava à estamparia, mas à produção de brim e tricoline. O sucesso obrigou a família a investir também no ramo de vendas do próprio tecido, o que fez nascer as Casas Pernambucanas, com mais de mil lojas em todo o país. O tino para os negócio continua circulando na família, tanto que, segundo Nilson, a Rio Tinto deve ser reativada até 2018.


Fonte: Blog Curiosa Mente

Compartilhe:
error: