Gestão do Paulista demite servidores e não paga direitos trabalhistas

Guarda PazO Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), criado através do Ministério da Justiça e implantado em Paulista no ano de 2007 pelo então prefeito Yves Ribeiro (PSB), que o nomeou de “Agentes da Paz”, foi extinto pelo atual prefeito, Júnior Matuto (PSB), sem nenhuma justificativa e sem que fossem pagos os direitos trabalhistas aos 176 trabalhadores afastados.

De acordo com o líder do grupo, Jair Francisco, desde que deixaram de exercer suas funções eles vivem buscando através da Justiça e da gestão, que os ignorou, o que lhes é de direito.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: